quinta-feira, 1 de maio de 2014

Meu Quintal+Os Desafios de Criar um Filho




Ando me questionando muito sobre como incentivei Dante a ser livre no quintal,livre demais...
Andei sendo criticada muitas vezes e acusada de ser desleixada,mais é exatamente o contrario que me sinto,vejo crianças com aflição de areia e grama por não serem acostumadas e com medo de cães,barulho alto,medo até de gente e não queria criar meu filho em um ambiente cheio de medos e de "não me rele não me toques"...
Foi aí que comecei a avaliar a dificuldade de se criar um serzinho,muita responsabilidade,muitas coisas pra se avaliar e não ter arrependimentos.Difícil pra qualquer pai,óbvio que pra quem quer ter mais filhos,vai ter oportunidade de acertar mais da próxima vez,mais o primeiro filho não.Não quero tornar a criação do meu filho uma experiencia,um laboratório onde a cobaia é um pequeno bebê lindo.
Decidimos por ter um bebê saudável e em contato sempre com a natureza.Acontece que ele acabou levando isso pra tudo,é livre dentro de casa e em qualquer lugar.Quando digo isso,digo pelos perigos que passamos junto com ele e pela falta de obediencia que ele anda tendo conosco.
As pessoas acham que criar o filho solto assim é mais fácil,mais é muito mais difícil,você ensina o seu filho a gostar de água e vai ter que passar horas tentando fazer ele te obedecer e não pular na banheira cheia e fria de roupa e tudo,ou ensina ele a não ter medo de escada e depois passa mais tempo ensinando a descer sem cair,e ainda libera a caminhada livre pelo quintal de casa e tem que tentar de um jeito ou de outro que ele entenda que comer pedra ou ração não é bom e andar livre assim no meio da rua movimentada também não é nada legal.
Ufa!!!Você ainda acha mais fácil meu jeito de criar meu filho?Só que não vou optar pelo jeito simples,quero um filho feliz,observador,desbravador,curioso,aventureiro e acima de tudo em paz e é o que eu observo nele todos os dias que passamos correndo atras dele para não jogar a pasta de dente na privada e nem enfiar a mão na boca do cachorro,ou comer batata pisada do chão do restaurante,"filhos se não tê-los como sabê-lo?" e se não cria-los como ensina-los?Não seria eu se não estimulasse,inventasse moda e ele não seria ele,não seria tão ativo e nem incansável como é,aí sim seria fácil!
Desculpem,isso foi só um desabafo!
Falando do meu quintal,como não ama-lo e não incentivar meu pequeno a ama-lo também...


meu limão meu limoeiro,dá limão o ano inteiro

Só um post pra se pensar na vida e em como e quando criticar as pessoas de qualquer forma,pense sempre antes,conheça a história,converse.Fui... 

2 comentários:

Anônimo disse...

LIGA PARA O POVO NÃO.SEMPRE VAI CRITICAR FAZENDO O CERTO OU O ERRADO.TEM QUE FAZER O QUE É MELHOR PARA O SEU FILHO.BJOO.JUH

Michelle Lemos disse...

Haaa me identifiquei muito, faltou só comer milho de galinha pra ficar igualzinho a minha filha. Kkkkk