segunda-feira, 2 de julho de 2012

Dia muito,muito triste

Que o nosso Marley descanse em paz e seja feliz aonde quer que ele esteja...

de todos era o único que comia amora

Ontem foi um dia muito,muito triste por aqui,tivemos que tomar uma decisão horrível e muito difícil de engolir,a de dar mais uma chance para nosso cachorrinho amigo e companheiro que estava muito doente,ou mandá-lo brincar lá no céu...


Não teve jeito,ele já não era mais ele,estava delirando,todo inchado,sofrendo muito,mesmo assim,todas as nossas decisões foram terríveis de tomar,mesmo sabendo que era o melhor,a gente nunca se dá por convencido.Ele batalhou até o fim,até a última injeção,o que nos fez pensar que estávamos errados,será?


Ver o meu cãozinho fiel perder a vida,ali diante dos meu olhos não foi nada bonito,como se retratam nos filmes,foi um pesadelo,um fardo que jamais vou esquecer,meu conselho?nunca fique até o final,vai por mim!


Se ele está melhor agora?não sei responder,como também não sei responder se ele sentiu alguma dor na hora,se ele poderia ter melhorado se tivéssemos insistido mais,não sei!
O que sei é que por alguns instantes deixamos de ser egoístas e fizemos o que era melhor pra ele,já que ele sempre fez o que era melhor pra gente e de tudo isso,tenho comigo que os cães são muito melhores do que as pessoas,em todos os gêneros,o Marley era!


Sempre digo que nós é que estamos acostumados a prolongar a vida não importa como,os cães são muito mais evoluídos nesse sentido,aceitam a morte e eu sabia só de ver os olhos tristes do meu cão que ele estava pronto pra ir.


Estou muito deprimida e sei que existem um milhão de pessoas que acham que sofrer por cachorro é uma bobagem ou que eu estou "humanizando" os cães,afinal que palavra é essa?pode apostar que jamais faria isso com um cão já que eles são tão mais sábios do que a gente,é a gente é que acha o contrário.


Desculpe o desabafo,mais você não faz ideia da dificuldade que é desapegar de um amigo tão fiel quanto esse,ainda não tive coragem de ir lá no cantinho onde ele ficava,mesmo estando todo sujo e precisando de uma faxina.


Hoje só estou precisando de apoio,de compreensão de ouvir histórias para me dar força pra seguir sem me sentir culpada,então se você já passou por isso,divida aqui comigo,vai ser bom saber como lidar com isso da melhor forma!


Obrigada a todos pelo apoio no facebook e na vida...
"...Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar,qualquer dia amigo a gente vai se encontrar..."
Fui...

2 comentários:

Ana disse...

Ju e Rics,
Sinto muito...
Eu tbm já tive que tomar essa decisão antes e sei como tudo é doloroso: assistir o sofrimento da doença, a decisão, a perda, a saudade...
Vcs fizeram o certo. Como vc mesmo disse, tomaram a decisão não egoísta de não mante-lo ao lado de vcs a qualquer custo e terminaram com a dor dele.
Fiquem bem!
Um beijo grande e um abraço bem apertado pra vcs!
Aninha

Jussara Bertolucci disse...

Aninha,muito obrigada pelo apoio,bjs...