sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Sou de primeira viagem

Ainda me lembro do dia em que me mudei para morar com meu marido,minha mãe me deu de presente um caderno de receitas com as mais básicas possíveis,como fazer feijão,polenta,arroz,temperar carne,hoje quando leio acho graça mas antes era dose.
Não tinha um final de semana que não tinha um bolo no lixo,nunca fui boa com bolo,até hoje não sou,ou não cresce o suficiente ou cresce demais e derrama,acredite já aconteceram coisas bizarras com meus bolos.
A verdade é que só o tempo faz com que sejamos bons em coisas que nunca fizemos,e por isso quero compartilhar com pessoas como eu,um pouco do que é ser uma dona de casa de primeira viagem...
Ontém resolvi que queria fazer um strogonoff de carne para o jantar,mais ao mesmo tempo me deu uma vontade de tingir uma saia longa,branca de listras rosas que adoro mais não uso(acho que nem preciso dizer por que).O fato é que essa saia era da minha mãe e sempre gostei do modelo,então resolvi pintar de preto.
Imagine,ao mesmo tempo em que tingia,fazia o strogonoff,não sei por que gosto de dar uma de metida,além de não saber fazer uma coisa direito,quero fazer duas!Então era a saia ou o strogonoff.Amanhã levo a saia para tinturaria...

2 comentários:

Ricardo disse...

Hahaha... e eu de cobaia! Bem que achei o strogonoff com um gostinho esquisito de lula... hahahaa
beijos

camilaserakides disse...

Rsrsrsrs... adorei o texto.. e vc em vez de molho no strogonof nao colocou a tinta nao?
rsrsrs
Beijus querida..